Diversão, Redes Sociais e Momentos Presentes são os ingredientes quem compõe o novo álbum do Leela

Será que hoje é tudo virtual mesmo ?
Relacionamentos, games, filmes, vídeos, opiniões, verdades, mentiras um zilhão de coisas passam em segundos, em algoritmos tão rápidos e dinâmicos que quando vamos olhar, aquilo já está ultrapassado.
Pensando nesse turbilhão de coisas, e as vaidades do momento, a banda Leela vai trazendo em frações seu novo trabalho, que será lançado entre o final de Abril e Maio, e a rock na Web bateu um papo com eles para saber um pouco mais sobre tudo que virá.

Bianca Jhordão e Rodrigo Brandão, falaram um pouco desse processo de gravação do Leela, que aborda de uma maneira bem musical, a imediatilidade de aproveitar o MOMENTO PRESENTE. E diz que nos dias de hoje, esses singles, que vão sendo lançados é uma forma de fazer com que os fãs, contenham ou fiquem muito mais ansiosos pelo lançamento do álbum.
Bianca Johrdão “ A gente entende que no momento você precisa aproveitar o MOMENTO PRESENTE e ir lançando aos poucos, até pro público ir se acostumando e entendendo, conhecendo as músicas melhor “

Rodrigo Brandão “ tem essa coisa de você se deslanchar, com o álbum, você só consegue dar destaque pra uma música, tem que eleger uma música de trabalho pra ser trabalhada nas playlists, e você fazendo vários lançamentos, você pode fazer o pessoal ir se engajando, ir conhecendo, se aprofundando mais  no seu trabalho e criando expectativas “
E a experiência está sendo trabalhosa, porém muito divertida também, pois eles estão fazendo a cada single, um clipe e divulgando junto com as músicas lançadas, e ainda trabalhando algo do qual eles revelam que curtem demais, que é a ideia de álbuns com conceitos, coisa que trabalham desde o seu primeiro álbum.
A atualidade foi a maior inspiração desse trabalho para a banda, exatamente em tratar algo muito importante como a rapidez, a necessidade de coisas imediatas acontecendo. O recado é claro, as redes virtuais são muito legais, mas é algo que precisa ser dosado. E Rodrigo Brandão fala sobre um pouco disso.
Rodrigo Brandão  “ Em termos de nosso  trabalho música, divulgação, a internet, vamos dizer é quase tudo, praticamente tudo que a gente divulga, as nossas músicas, as pessoas ouvem as nossas músicas na internet, essa entrevista, o programa de rádio vai ser  transmitido pela internet, é importante que muitas pessoas estejam em contato pra estar em contato com a nossa música, mas se a gente pegar em termo de convívio nas redes sociais,  numa visão mais pessoal, mais particular, o excesso do uso das redes sociais é algo que deve ser questionado, a bolha, o modo como as pessoas são na vida real, se transformam ali atrás numa rede social, muitas vezes falando coisas que jamais falariam, essa questão do “haters”, a questão das ‘Fake News “, então temos muitas questões, a internet veio pra trazer conhecimento, divulgar, mas ao mesmo tempo está trazendo também um monte mentiras, um monte de manipulações, muito ódio, extremismo, os algoritmos também fazem as pessoas ficarem vivendo nas suas próprias bolhas, então a muito o que se questionar da relação do indivíduo com a internet.

Porém o que ficou claro é que, entre prós e contras, a internet serviu como uma ferramenta, talvez da maneira mais pura para eles, no caso, a inspiração para essa nova história contada em músicas, e de uma forma cheia de identidade, assim como  só eles sabem fazer. Não tem hoje como não reconhecer o Leela, seja com os acordes únicos do Rodrigo, ou com o talento e descontração, regado de simpatia da Bianca, duas pessoas cheias de carisma, fazendo um trabalho super atual no cenário e lembrando o tempo todo que o Rock, tem um milhão de caras, mas ainda sim está mais vivo do que nunca no cenário nacional.
A banda ficou aproximadamente seis anos sem lançar material novo, e afirma que o ponto de vista em relação ao trabalho e a forma como distribui-lo, mudou bastante. As limitações, para ter acesso ao trabalho, que hoje não existem mais, facilitaram muito a chegada do material aos ouvidos dos fã, coisa que antes chegava a ser frustrante, pois as pessoas só conheciam aquelas músicas que passavam na TV e no Rádio. Hoje eles são felizes em saber que as músicas rolam de qualquer maneira, e na Rock na Web sempre está nas programações.

Mas mesmo com esse mundo pequeno gigantesco virtual, ainda existem as dificuldades que as bandas independente encaram, com a facilidade da distribuição virtualmente, fica-se difícil conseguir destaque, ainda mais no meio de um país que tem tantas boas tão boas lançando material o tempo todo. Se destacar é algo que vai muito além de ter um bom trabalho, exige muita dedicação a isso e ser incansável.
Nem sempre esse material chega nas regiões mais desfavorecidas de internet, e com isso acaba inviabilizando que contratantes, patrocinadores, parceiros, consigam trazer essas bandas pra se apresentarem em regiões fora de um eixo especifico, e a luta só fica mais difícil.
Bianca Jhordão: “ Nordeste por exemplo, a gente tocou várias vezes no nordeste, mas a gente tá distante, tudo bem, pela internet a gente manda as músicas, a gente fala, mas a gente gostaria  de poder ir pra lá mais vezes, tocar, estar em contato com o público, sul também, sudoeste... “
Rodrigo Brandão: “ Uma das coisas também que a internet trouxe, a tecnologia trouxe, e que muita gente tá explorando e se divertindo cada vez mais, são os nossos programas musicais no Youtube, o Leela Live,  toca nossas músicas, toca tributos “

Falando ainda mais um pouco sobre as músicas novas, a Bianca ainda revelou como foi escrever a faixa Fanáticos Online, que mistura um pouco da carreira Gamer dela, da época que ela apresentava o programa “Fala Mais Joga”
Ela falou um pouco de como foi entrar nesse mundo do qual era desconhecido pra ela e que depois acabou virando uma inspiração, sobre os jogos que a influenciaram e ao mesmo tempo intercalar cada um deles junto com seu lado musical, e o carinho aumenta principalmente ao ter descoberto o relacionamento entre os Gamers, nas redes e servidores dos jogos, em como as amizades eram fortes ali dentro de um jogo, sem ao menos se conhecerem pessoalmente ou até mesmo nunca terem se visto antes. Pessoas de cidades, países diferentes, que se conheciam como se fossem íntimos de longa data.
Bianca Jhordão: “ Quando a gente começou a compor o disco falando nesse tema de redes sociais, a gente começou a perceber que ia por esse caminho, a gente falou, tem que falar de vídeo game. E tem que falar porque é um universo que eu conheço, conheci, estive dentro, vamos fazer um rap vídeo game, ai eu vim com esse refrão, do Need for Speed, Resident Evil, e fui falando ali o nome de vinte e um jogos “

Outra coisa muito legal que eles dividiram conosco, foi revelar o quão importante e divertido foi construir esse novo projeto, e o quanto foi importante as parcerias que foram feitas dentro dele. É um disco que realmente teve muitas colaborações artísticas e técnicas que enriqueceram muito o trabalho da banda, e tanto a Bianca como o Rodrigo, não conseguem deixar de exaltar o carinho que tiveram com esse apoio.
Parcerias como a de Fausto Fawcett, Barbará Eugênia, Jorge Israel ( Kid Abelha ), Andréia Borges.
Não apenas a parcerias musicais, mas também as parcerias em clipes e tudo mais.

Lembraram também em como foi divertido gravar o clipe de MOMENTO PRESENTE, revelando que foi um Norueguês que apresentou a eles São Francisco Xavier, e apresentou técnicas com um instrumento bem peculiar o Didgeridoo e rituais de cura como a terapia do som.
A reunião deles, rendeu esse super clipe, que está fantástico e mostra todo um trabalho que nos leva a uma espécie de ritual xamãnico, e mostram como é importante se desconectar para aproveitar momentos mais PRESENTES.
União, amigos, família, o quanto é importante essa interação, eles falam o quão é importante deixar o celular de lado, principalmente para ter uma conexão de uma maneira mais exclusiva.
Renatróvisk: “ A gente se desconecta para se conectar da melhor maneira “
E brincando lembram em como é possível encontrar coisas que as vezes pensamos nunca ninguém ter pensado, mas está ali, na internet, como se ela pudesse de alguma forma saber no que você está pensando ou já pensou.

A entrevista foi muito divertida, e por fim lembre-se, vivam o MOMENTO PRESENTE  de vocês, aproveitem, seus amigos, escutem músicas juntos, deixem as fotos para postar depois, aproveitem o melhor das pessoas que te amam, te consideram. É basicamente a melhor mensagem que se pode passar.
A vida virtual é muito prática e dinâmica, mas o mais legal de tudo é lembrar que, “ O amor é a única bagagem que não se pode deixar pra trás ‘ Bono U2.


O Vídeo está disponível aqui:


Sigam o Leela nas redes sociais:
https://www.youtube.com/channel/UCgjo1EbXm2xZNK21YfI-mSQ
@biancajhordao
@rodrigooreilly


Categoria:Rock News

Deixe seu Comentário